29

Maio

19h30

Kula: Uma memória quieta + Natal 71

KULA: UMA MEMÓRIA QUIETA, Ina­delso Cossa

Docu­men­tá­rio, Moçam­bi­que, 2014, 14’
Legen­das: Inglês; M/12

Após uma ope­ra­ção em massa para des­blo­quear uma rede clan­des­tina em Maputo, Lou­renço Mar­ques naquela época, Langa é detido pela Kula, bri­gada da PIDE (Polí­cia Inter­na­ci­o­nal e de Defesa do Estado) que, nos anos 60, tra­ba­lhava para o regime colo­nial por­tu­guês em Moçam­bi­que. Depois, é inter­ro­gado e levado para a pri­são da Machava onde mais de mil pre­sos polí­ti­cos eram sujei­tos a lon­gas horas de inter­ro­ga­tó­rios e tor­tu­ras desumanas.

+ NATAL 71, Mar­ga­rida Cardoso

Docu­men­tá­rio, Por­tu­gal, 2001, 58’
Legen­das: Inglês; M/12

NATAL_SNAP_09

Natal 71 é o nome de um disco ofe­re­cido aos mili­ta­res em guerra no ultra­mar por­tu­guês nesse mesmo ano. O Can­ci­o­neiro do Niassa é o nome de uma cas­sete áudio gra­vada clan­des­ti­na­mente por mili­ta­res durante a guerra em Moçam­bi­que. A cas­sete é uma voz de revolta. O disco é uma peça de pro­pa­ganda naci­o­na­lista. São memó­rias de um país fechado, pobre e igno­rante, ador­me­cido por uma pro­pa­ganda melosa e pri­má­ria que nos ten­tava escon­der todos os con­fli­tos, e que nos impe­dia de pen­sar e de reco­nhe­cer a natu­reza cruel e repres­siva do regime em que vivía­mos. Hoje trans­por­ta­mos, em silên­cio, essas memórias.

Ses­são com pre­sença da realizadora.

Todos os filmes são legendados em português e em inglês.